An international blog about literature and ecocriticism. Here I include my own lyrics, by Rui M. and also the work of others, from 10 to 14 each month 2017: new contributions sent to ruiprcar@gmail.com Periodical Art contests and Critics. Thanks. Arigatou

09
Fev 13

Boa tarde amigos,

Um exemplo que me parece evidente do que falei no texto anterior é, parece-me, o caso dos filmes de terror. Na realidade, a realidade, em si mesma, pode conter muitos dos elementos de um filme de terror, por exemplo, a morte de familiares, as doenças, os assaltos violentos e mesmo, nos tempos que correm a falta de emprego e a emigração forçada. Essa saída da "zona de conforto" que algumas pessoas referem... as mesmas que não sabem realmente do que estão a falar.

Posto isto, parece-me pacífico admitir que alguém que gosta de filmes de terror tenha uma vida tranquíla como a superfície de um lago, em tarde de Verão... que inveja.

Até breve e tenham uma vida tranquíla, sem filmes de terror (nem literatura de terror)

published by talesforlove às 17:23