An international blog about literature and ecocriticism. Here I include my own lyrics, by Rui M. and also the work of others, from 10 to 14 each month 2017: new contributions sent to ruiprcar@gmail.com Periodical Art contests and Critics. Thanks. Arigatou

14
Out 12

As palavras são como pequenas gotas de orvalho. Quando começam a cair nós nunca sabemos para onde vão, para onde nos levam ou que desenho procuram elaborar. Assim, são as palavras da poesia que se inicia ou da história que pretendemos contar: parece que têm vida própria, parece que são parte de nós mas vão livres como o ar que expiramos... A única diferença que lhes encontro é que a nossa respiração é sempre quente e elas podem ser frias, pois um final feliz não é garantido. Até parece que os escritores estão, de novo, apenas sugeitos ao apoio e gosto de um mecenas.

published by talesforlove às 20:57